segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Partilha 37 – O Natal ensina-nos acerca da intimidade com Deus

Quero agradecer do fundo do coração a oportunidade que me deram de poder estar na ADD Hagen, com mulheres abençoadas. Por isso quero também deixar aqui para todas um pouco do que falamos, mas dentro do que venho a partilhar, relacionando o tema Intimidade com o Natal. 
Ser intima é conhecer e ser conhecida de alguém, a intimidade é um trabalho e desejo continuo de ambas as partes. Ter intimidade é muito mais do que conhecer a outra pessoa é ser um só. 
Quando se trata de intimidade com Deus, falamos de sermos um com Ele, é muito mais do que saber acerca d’Ele, é mais do que frequentar uma Igreja, ler na Bíblia, orar...isto são apenas meios que temos para manter essa intimidade com Deus!
Ninguém pode dizer a outra como se deve ter a intimidade, pode dar conselhos, pode partilhar algumas experiencias, mas a verdade é que a intimidade com Deus cada uma de nós tem de trilhar o seu próprio caminho. Deus trata com cada uma de nós de forma personalizada, Ele vai cuidar e tratar connosco tendo em conta quem somos, a nossa estrutura, as nossas fragilidades e forças, porque Ele conhece o nosso intimo como ninguém, por isso Ele vai relacionar-se contigo de uma forma única e especial, à tua medida! 
“Porque o perverso é abominável ao Senhor, mas com os sinceros ele tem intimidade” Provérbios 3.32
Mas contudo, a Bíblia ensina-nos algumas características que a nossa vida deve buscar para que possamos ter um caminho de intimidade com Deus e uma é sinceridade. Devemos ser sinceras, Deus sabe de tudo acerca de nós por isso não há razão para querermos usar mascaras ou de coisas escondidas para com Ele, pelo contrário, ainda que sejam coisas de que tenhamos vergonha ou que sujem o nosso bom nome, devemos abrir o nosso coração para Deus. O perverso é aquele que sempre tem segundas intenções, que perdeu a pureza, que deixou o seu coração se encher de zonas escuras e amargas, tendo assim uma mente levada por aquilo que é mau e por isso constantemente intenta o mal contra o outro. Por isso, é impossível que Deus Santo e puro tenha intimidade com alguém que deliberadamente continua assim. 
O Natal é um bom tempo para lembrarmos da intimidade com Deus, visto que mostra Deus dando o primeiro passo para ter intimidade connosco, mesmo quando o mundo o desprezava e não queria saber mais d’Ele, o Seu próprio Filho vem até nós para através do perdão dos pecados abrir a porta da reconciliação com Deus e podermos ter intimidade com Deus tendo fé n’Ele através de Jesus Cristo. O Nascimento de Jesus como homem é a prova que Deus tem todo o desejo de relacionar-se com a humanidade como no principio, intimamente, sem tabus, nem receios nem mascaras... 
« Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo nosso Senhor. » 1 Coríntios 1:9
Para termos intimidade com Deus precisamos entender a necessidade que temos dessa intimidade, percebermos que ela é essencial à nossa boa mente, à nossa vida.
“Estendo para ti as minhas mãos; a minha alma tem sede de ti, como terra sedenta.” (Selá.) Salmos 143:6
“Porque em ti está o manancial da vida; na tua luz veremos a luz.” Salmos 36:9-10
“Assim como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus! A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?” Salmos 42:1-2
Depois de percebermos essa necessidade, temos de fazer tudo que está ao nosso alcance para chegarmos perto de Deus e visto que Ele já deu o primeiro passo, temos de apenas corresponder positivamente.
“Quando tu disseste: Buscai o meu rosto; o meu coração disse a ti: O teu rosto, Senhor, buscarei.” Salmos 27:8
Ser Mais Mulher é querer e ter intimidade com Deus.

Sem comentários:

Enviar um comentário